Hoje no mundo foram contabilizados 17.468 grupos de povos, que juntos compreendem toda população mundial. Desses, cerca de 7419 povos não são alcançados pelo evangelho de Cristo. Isso significa que mais de 3 bilhões de pessoas tem pouco ou nenhum acesso as boas novas. 

Para evangelizar cada um desses povos é fundamental entender sua cultura, falar sua língua e contextualizar a mensagem da cruz de forma que ela possa ser compreendida.

Atualmente, a parte do mundo mais difícil de ser evangelizada é aquela localizada dentro da famosa Janela 10x40.

 

O “Cinturão de Resistência”, como também é conhecido, é uma extensão territorial que cobre boa parte da África, Oriente Médio e Ásia. Nessa região também se encontram os maiores blocos religiosos do mundo: Islã, Hinduísmo, Budismo, Animismo e Ateísmo. Além disso, a região também tem é marcada pela pobreza e baixa qualidade de vida em geral.

Para saber mais sobre o desafio de evangelização nessa região clique abaixo e leia nosso artigo sobre Povos Não Alcançados.

adult-1807526_1920.jpg
Image by Juanma Clemente-Alloza
Image by zibik

Foco nos povos tribais

Nós da Etnos temos desenvolvido trabalhos em meio a grupos de povos, ou grupos étnicos, que possuem ao menos uma igreja instalada.

Nosso intuito é apoiar o florescimento dessas pequenas igrejas para que elas sejam reconhecidas pela comunidade local como verdadeiras embaixadas do Reino de Deus. O instrumento que usamos nesse processo de apoio é o nosso programa de desenvolvimento comunitário.

Esse programa tem como objetivo oferecer ferramentas práticas para essas pequenas igrejas, para que elas sejam cada vez mais capazes de sinalizar o amor de Cristo. Assim, o evangelismo passa a ser o resultado natural do aprofundamento de relacionamentos, um processo orgânico e baseado em amor.

Nós acreditamos que fortalecer o cristão nativo em meio aos povos não alcançados é uma estratégia eficiente, pois eles não precisam se adaptar para traduzir o evangelho. Já dominam a língua e a cosmovisão do seu povo.

Talvez você esteja se perguntando: o que fazer quando a etnia é não engajada, ou seja, não tem a presença de nenhum cristão em seu meio? Para responder essa questão propomos um outra pregunta:

O que seria mais efetivo? Enviar um missionário brasileiro para trabalhar no Paraguai ou enviá-lo para o Japão?

Certamente um obreiro brasileiro no Paraguai seria a melhor opção, apesar do Brasileiro não falar espanhol, temos uma maior proximidade cultural com a América Latina, do que com países de cultura asiática.

Essa é a estratégia da Etnos, participar da evangelização das etnias, não alcançadas e não engajadas, através do fortalecimento da comunidade cristã existente no seu meio, ou a que estiver geográfica e culturalmente mais próxima possível.

41758815_10212255252968438_8822697595827
IMG_1627.JPG
20170910_113609.jpg

Nossa Meta

Nosso alvo enquanto organização é ter projetos iniciados em meio a 90 Povos não Alcançados até o final de 2022, e iniciar movimentos cristãos em 630 povos até o final de 2030.

Ou seja, só a partir da Etnos teremos condições de apoiar objetivamente o florescimento de movimentos cristãos nativos em quase 10% dos Povos não Alcançados dentro da Janela 10x40. 

 

Atualmente já estamos presentes em 10 etnias e somente através de parceria firmada com a convenção Batista de Myanmar, temos a oportunidade de iniciar nosso programa a partir de outras 17 etnias dentro do país.

20160623_103123.jpg
pexels-quang-nguyen-vinh-6871819.jpg

Hoje o que nos impede de dar seguimento a implementação dessa parceria é a nossa capacidade limitada de investimento, o golpe militar instaurado no país em fevereiro de 2021 e o fechamento das fronteiras devido a pandemia do Covid-19.

 

Apesar desse cenário tão complexo, estamos trabalhando intensamente no nosso programa de mobilização para que os recursos financeiros não sejam uma barreira para a continuidade do nosso trabalho. Dessa forma, acreditamos que assim que as fronteiras forem reabertas, retornaremos à Myanmar para dar sequência a implementação dos programas de desenvolvimento comunitário.

pexels-karolína-balogová-1819989.jpg
pexels-photo-2477361.jpeg
pexels-quang-nguyen-vinh-6130893.jpg

Grupos Étnicos