Uma igreja Missionária formada por refugiados

Paola Florenciano

3 de jun. de 2022

Uma igreja de refugiados evangelizando em meio a povos não alcançados.

Se você não achou o título dessa notícia bombástica, eu preciso te explicar o porquê essa notícia não é somente comovente como também é uma revolução na forma como o reino de Deus tem avançado em nosso meio.


Talvez você pense em refugiado como uma gente esquecida por todos, abandonada pelas autoridades governamentais, ou como um povo usado pelas entidades paraestatais. E de fato, eles são! Refugiado é toda e qualquer pessoa que se encontra fora do seu país por causa de grave violação dos direitos humanos, por perseguição causada por motivos de raça, religião, nacionalidade, grupo social ou opiniões políticas, ou por questões de guerra. Justamente por ter que se deslocar deixando tudo para trás, para onde vão, são encontrados em condições desumanas.


Sob essas mesmas condições se encontram as pessoas que formam a Igreja de refugiados Paquistaneses em Bangkok, Tailândia. Desde que fugiram de seu país por causa da perseguição religiosa severa, esses cristãos, encontraram forças servindo a Deus e ao próximo. Formaram uma igreja, que não tem prédio, feita em casas de forma rotativa, cada semana em uma casa diferente. Os dízimos e ofertas são para alimentar e dar remédio as famílias que estiverem em maior necessidade.


Não satisfeitos de serem uma igreja comunitária, se transformaram em uma igreja missionária. Passaram a proclamar Jesus para os vizinhos Indianos que na maioria são de etnia Punjabi, praticantes do Hinduísmo e também para os Sikhs, que são muçulmanos.


A igreja de refugiados, tem ganhado pessoas pertencentes aos povos não alcançados para Jesus, e tem se demonstrado fiel a proclamação da palavra mesmo mediante as circunstâncias ao seu redor. Batismos foram realizados e conversão de pessoas de outras etnias está acontecendo. Hoje até Tailandeses, tem se aproximado da igreja. O pastor Asif (nome fictício), líder da Rede de Igrejas Caseiras, tem feito inúmeras visitas e tem se desdobrado em mais de uma língua para conseguir proclamar Jesus.


Toda pessoa e igreja que oferta na ETNOS, sabe que sua oferta vai diretamente para ajudar projetos em meio aos povos não alcançados como esse. Nossa última conquista na Rede de Igrejas Caseiras é que pudemos contratar mais um obreiro de tempo integral, para auxiliar nas visitas que são muitas, tanto as casas dos novos convertidos, como visita as famílias da igreja e aos cristãos que estão presos no centro de detenção de imigrantes.


Essa notícia é maravilhosa porque nos mostra como Deus atua no meio do caos, levanta pessoas que são desacreditadas pela sociedade e faz delas homens e mulheres com uma vida cheia de propósito e clareza ministerial. Ele também mostra que a missão é Dele, e que ele continua nos dando a oportunidade de participar dela, independente da nossa situação e das circunstâncias ao nosso redor, somos chamados a cooperar com a expansão do reino de Deus nessa Terra. Não perca essa chance! Participe!